27.5.10

As mesmas nuvens

Por mais que eu faça, tente, me esforce e exploda, sempre fica a sensação de colocar água é um copinho furado: escorre, seca, some e eu fico com sede. É que por quilômetros - poucos quilômetros - pensei que o sonho fosse a parte branda da agressiva realidade.
Então, tá! Eu já deveria saber acordar, e se não sei, sou a única culpada pelo susto de abrir os olhos. Pobre e ingênua mortal: persisti no erro e colho a esperança que, todas as manhãs, rego com o que me resta de humor.
Voltei as ter olhos abertos, mas ainda me custa acreditar que permiti que eles se fechassem por tanto tempo. Grande ingenuidade é embarcar em nuvens sem passagem de volta ou certificado de garantia.
Então, tá! Bem no fundo sempre sei aonde a nuvem vai me levar. No final fico com a falsa e resignada certeza que definitivamente aprendi a manter os olhos abertos - até que vem outra nuvem e me convence, às vezes com poucas palavras, a mais uma viagem.


Whitey para Lucas se referindo ao Keith 
"Eu sei que você quer algumas respostas... 
Mas qual é a resposta certa? 
Porque não há resposta certa... 
Há apenas vidas... 
Apenas vidas" OTH

7 comentários:

  1. 'Voltei as ter olhos abertos, mas ainda me custa acreditar que permiti que eles se fechassem por tanto tempo.'
    Lindas palavras, eu tambem nao acredito que me mantive apagada, sem sorrir, por tanto tempo, Lindo texto, parabens *-*

    ResponderExcluir
  2. Se não embarcarmos nas viagens que algumas nuvens nos levam, nos culpamos por isso, mas algumas viagens nem são tão boas assim, mas é preciso arriscar né?

    Bjs...

    ResponderExcluir
  3. Ah, como eu tento não embarcar na mesma viagem também, mas é tão bom viajar em uma nuvem...
    beijos.

    ResponderExcluir
  4. as nuvens (...) lindo lindo, tudo mt bonito por aqui!

    ResponderExcluir
  5. Será que tem como evitar essas viagens? Muita gente diz que sim, mas, até hoje mergulhei em todas, e senti tudo isso depois de cada uma delas. Vou tentar me manter no chão na próxima oportunidade.

    Lindo esse texto!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Não há resposta certas, nem receitas perfeitas, há uma vida a ser vivida di-a-ri-a-men-te.
    Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

    ResponderExcluir

comentaram